O que algumas das casas de Game Of Thrones podem ensinar aos gestores de TI?

A saga “As Crônicas de Gelo e Fogo” do escritor George R.R. Martim adaptada para tv como Game Of Thrones pela HBO dispensa apresentações…

Mesmo quem nunca leu uma vírgula sequer da obra ou assistiu algum episódio da série, com certeza já deve ter ouvido falar das emoções e intrigas que rondam a mítica Westeros.

Para os poucos desavisados (que devem viver no mundo da lua) vai uma breve síntese sobre a trama (sem spoiler, claro!): Game of Thrones mostra as violentas lutas dinásticas entre as famílias nobres para ter o controle do Trono de Ferro de Westeros.

Ficou curioso(a)? Leia os livros e assista o seriado, não irá se arrepender.

E você deve estar se perguntando, tudo bem e o que isso tem a ver com TI?

Bem, além de ser uma boa opção de entretenimento nas horas de descanso, basicamente os lemas de algumas das famílias da trama podem trazer motivação/inspiração para o trabalho de vários profissionais de TI, mas principalmente os gestores.

Bons hábitos podem ser construídos, a ficção pode nos trazer lições importantes, portanto, repita esses lemas, incorpore-os em seu dia a dia.

Lema da Casa Stark: “O inverno está chegando”

Mas não vá ficar louco, desesperado, tenso… O inverno está chegando e o inverno traz frio e esconde perigos.

Prepare-se para o que der e vier, tenha um plano A e B e se necessário use as letras do alfabeto inteiro! As palavras são planejamento e adaptação.

Prevenir e evitar é melhor para corrigir um erro e custa menos.

Lema da Casa Greyjoy: “Nós não semeamos”

Não sabemos o que nos espera mundo afora, na vida, no trabalho, na nossa nova aventura em nosso novo projeto, mas podemos conhecer a nós mesmos.

Seja sedento por conhecimento, mas antes de tudo conheça a si mesmo, saiba que você não semeia.

Conheça-se como o cartógrafo que vai a um continente desconhecido e que necessita descobrir como é o território para saber por onde deve atravessar ou não, ou até onde pode forçar o passo.

Conheça-se não focando no seu limite, mas sim como base para potencializar suas capacidades e as de sua equipe.

Lema da Casa Lannister: “Ouvi-me rugir”

A comunicação é necessária, importante, vital. As redes sociais, o correio, o telefone, uma conferência, uma conversa na sala com o diretor de operações, com o pessoal do operacional, enfim, com todos.

Que todos te ouçam!

Que te ouçam e te ouçam bem, que não haja espaço para más interpretações, que entendam claramente sua mensagem, o que quer dizer e o que quer fazer.

Evite o erro na transmissão de ideias em sua equipe, junto a fornecedores, clientes, no seu mercado!

Lema não oficial da casa Lannister: “Um Lannister sempre paga suas dívidas”

As pessoas devem confiar em sua palavra. Sua palavra deve valer seu peso em ouro e sua palavra deve ser um reflexo de suas ações. Se você é uma pessoa confiável, as pessoas confiarão em você, sua equipe confiará em você.

Se eles confiarem em você contribuirão com ideias, na hora de aperto os fornecedores estarão ao seu lado, o mercado acenará de modo positivo. Vale a pena!

Lema da Casa Martell casa lema: “Nunca curvado, nunca quebrado”.

Se em algum momento você e sua equipe enfrentam duvidas, levante a cabeça e olhe para si mesmo no espelho e repita: nunca curvado, nunca quebrado! Nunca curvado, nunca quebrado! Nunca curvado, nunca quebrado!

O projeto está difícil? A crise está difícil? O cliente é difícil? Resista, persista, aguente não se deixe vencer, você pode com isso, siga adiante, continue, você terá sucesso!

Confie na sua capacidade em si mesmo e em sua equipe e, assim, fique mais perto de seus objetivos.

Lema da Casa Baratheon: “Porque nossa é a fúria”

Porque a responsabilidade é nossa, assim também como a fúria e os dois podem ser manipulados.

Um rei tem o poder e a responsabilidade de usá-los corretamente, recebendo assim muitas restrições, portanto a fúria também é sua, é o que é melhor, é um direito seu.

Da mesma forma como Gerente de Projetos, Diretor de Projetos, Gestor de Projetos, Project Manager, a responsabilidade final é nossa e não devemos deixá-la cair sobre mais ninguém.

Externamente, a outras partes interessadas (stakeholders) e superiores, nossa equipe deve ser uma caixa preta, quando a responsabilidade pode ser atribuída a alguém deve recair sobre nós e nós (gestores) assumimos todas as comunicações seja para receber comentários positivos, seja negativos.

O lema da casa Arryn é muito claro e conciso: Tão alto quanto Honra.

Faz referência clara a sua força, o Ninho da Águia, por sua localização ser tão alta modelo do que deve ser a honra.

Isso também mostra sua importância para, a área da TI, Gerenciamento de Projetos:

Seja um exemplo para os outros.

Honra é importante, é o que você quer transmitir. É um valor que todos devem praticar, entregar e doar e para que não haja enganos sobre isso, na saga o Senhor das Terras se coloca como exemplo claro do que ele prega.

Devemos promover entre os membros de nossa equipe a utilização das melhores práticas, fiscalização das normas, procedimentos da empresa, a burocracia tudo deve ser criado para o propósito do melhor cumprimento do serviço, para o melhor atendimento e para o alcance das metas do projeto.

Por fim, duas motivações oriundas de alguns personagens avulsos:

Como diria a personagem Ygritte a Jon Snow: “Você não sabe nada, Jon Snow”

Tenha humildade e modéstia não se ache o máximo, não ache que sabe tudo em sua área de atuação. Não sabemos tudo, não se consegue controlar tudo, então abra sua mente para aprender, para absorver, para melhorar, para transcender, para crescer, essa é a atitude!

O dia começa como uma criança ansiosa para descobrir, como tudo é novo, tudo está esperando por você:

E para encerrar uma das frases de Jaqen H’ghar um dos personagens mais intrigantes da trama: “Valar Morghulis (Todos os homens devem morrer)”

Lembre-se não há ninguém melhor do que você.

Embora tenhamos diferentes capacidades, todos têm as mesmas potencialidades, todos estão sujeitos às mesmas leis físicas e biológicas, todos tem o desejo de se realizar, ser feliz, todos têm de morrer.
Então, levante a cabeça e vá a busca das metas almejadas.