Está faltando motivação para sua equipe? Então está na hora de adotar a abordagem Gung Ho.

Ninguém tem dúvidas da importância do trabalho em equipe e que uma equipe motivada é capaz de grandes feitos. Mas e quando a desmotivação toma conta de todo mundo o que fazer?

Você sabia que através de regras simples, sua equipe de TI pode se tornar ainda mais produtiva?

Você já ouviu falar em Gung Ho? Não se assuste é uma expressão chinesa que significa “Trabalhar juntos”.

A filosofia do Gung Ho teve início na administração com o livro de Ken Blanchard e Sheldon Bowles, no livro conta-se uma história de uma mulher que acaba de chegar a uma fábrica cujo resultado está o pior de todas as outras fábricas do grupo, ela precisa liderar a equipe de gestores a fim de conseguir resultados rápidos, para a fábrica não ser fechada.

Esperta como uma gestora precisa ser ela se dirige ao melhor departamento do grupo e começa a entender o motivo do departamento estar em alto desempenho. As lições que ela aprende são ilustradas por animais e aplicáveis dentro do meio empresarial.

A abordagem utiliza um comparativo com 3 animais, para nos ensinar algumas regras importantes.

E quais seriam estes animais? O esquilo, o castor e o ganso. Em um primeiro momento pode parecer estranho, mas após, saber como funciona essa técnica, provavelmente você mudará de opinião.

O esquilo – O valor do seu trabalho

Os esquilos guardam alimento, pois isso garante a sobrevivência deles no inverno. Mostrar para as pessoas como o trabalho delas é importante faz toda a diferença, pois elas entendem que não estão ali apenas para executar uma tarefa, mas que seu trabalho gera influência na vida de outras pessoas.

Para que isso aconteça todos precisam saber dos objetivos e trabalhar em conjunto para alcançá-los, Os objetivos concentram a sua atenção de modo produtivo.

Mostre à sua equipe de TI que eles estão ali não apenas para desenvolver ou dar suporte, mas que existe um objetivo significativo que precisa da cooperação de todos para ser alcançado.

O castor – O controle

Os castores não possuem gerentes, mas sabem exatamente o que cada um tem que fazer para construir suas barragens.

Os objetivos e valores definem o campo de atuação de cada profissional. Os líderes decidem a função de cada um na equipe, mas depois disso os líderes têm que deixar com que eles atuem da forma que acreditam ser a melhor.

O verdadeiro segredo da gestão bem sucedida é descobrir o que é que as pessoas fazem naturalmente e depois imaginar de que forma adaptar a organização de modo a tirar vantagem do comportamento natural.

Isso só será possível se a organização apoiar e não boicotar o funcionário ou o seu trabalho. A função do líder neste caso é saber em que direção vai a organização, a missão dos membros da equipe é leva-la até lá.

Resumindo, confie em seus profissionais e deixe com que eles desenvolvam os projetos como acharem melhor tecnicamente, pois eles já conhecem o objetivo e querem alcança-lo tanto quanto o seu líder. Mas lembre-se que o Gung Ho também consiste em possibilitar que as pessoas evoluam com novos desafios.

Mesmo que cada um tenha sua função na equipe, não quer dizer que ela sempre deva fazer a mesma coisa em todos os projetos. Dê a possibilidade de que possam conhecer coisas novas.

O ganso – Animando uns aos outros

Quando os gansos fazem longas viagens, todos grasnam para manter todos animados e conseguirem chegar até o final. Você deve estar se perguntando: mas e daí? Pode parecer batido, mas manter as pessoas animadas é muito importante para se alcançar os objetivos.

Imagine um jogo de futebol onde a torcida não canta e grita para incentivar os jogadores. O mesmo vale para sua equipe de TI. Motive-os, mostre que estão fazendo um bom trabalho. E lembre-se de dar-lhes os parabéns quando atingirem as metas e objetivos.

Concluindo…

O Gung Ho evidentemente não é uma fórmula mágica, que simplesmente irá modificar tudo em um simples passe de magia, tampouco, se trata de uma filosofia complexa e mirabolante é apenas uma abordagem para manter a equipe focada.

Requer tempo, dedicação e comprometimento de todos da equipe e é uma prática que estimula a excelência, veja os seguintes pontos:

  • Mostra que o trabalho da equipe de TI é importante
  • Dá a liberdade para que os membros da equipe se gerenciem e ainda assim estimula o desenvolvimento profissional
  • Faz com que todos se sintam motivados e consigam bater todas as metas

Sua equipe está precisando de mais motivação? Gostou da abordagem Gung Ho? Então já é mais comece hoje mesmo a implantar essa prática na sua empresa.

(fontes: universo administração, oficina net)