Carreira de TI depois dos 40? É possível sim e faturando alto!

Querer trabalhar com o que a gente ama é natural. Quem gosta de ler e escrever, quer fazer carreira sendo o próximo Stephen King. Quem gosta de cozinhar, sonha em ser chef de um grande restaurante com estrelas Michellin.

E quem gosta de tecnologia quer seguir uma carreira em TI – de preferência, em uma grande empresa, com muitos recursos e altamente inovadora. Só que, nesse último caso, existe um pequeno detalhe que muda tudo.

Existe uma percepção de que a tecnologia é coisa de gente jovem, que está mais antenado com a evolução e as mudanças no mundo digital e, por isso, profissionais mais experientes sentem que os mais novos levam vantagem.

Essa é a percepção; será que ela corresponde à realidade?

Se você é um profissional de TI com 40 anos ou mais, chegou a hora de resolver, de uma vez por todas, essa questão. Vamos chegar a uma resposta: será que uma carreira em TI depois dos 40 é possível?

Quando a idade se torna um peso

Gif de uma mulher estupefada exclamando: "I´m old!"

Há muitas carreiras em que a idade realmente é uma desvantagem. Imagine, por exemplo, uma secretária ou um estoquista: será que a empresa vai preferir contratar alguém de 20 anos ou de 45 anos para esses cargos?

Por mais injusto que seja, o fato é que, normalmente, essa desvantagem aparece mais em cargos e funções de baixa qualificação.

Por outro lado, em carreiras que exigem alto grau de formação, experiência e competências específicas, ela não é tão visível.

Isso não significa que nunca aconteça de um profissional de TI perder uma oportunidade de trabalho porque tem mais de 40 anos. Existem relatos de profissionais contando, a partir da própria experiência, que eles foram preteridos em favor de pessoas mais jovens.

Pois é, nós não podemos dizer que a discriminação pela idade simplesmente não existe na carreira de TI. Ela acontece, sim; principalmente em empresas que não têm uma boa gestão.

O gestor é despreparado e deixa o senso comum guiar suas decisões.

Para piorar, ele faz uma coisa que a própria Constituição brasileira proíbe! Você não ia mesmo querer trabalhar em uma empresa assim, não é?

Quando uma situação de discriminação por idade aparece, é normal se sentir frustrado, pra baixo.

Porém, não se esqueça de que, assim como existem empresas que adotam esse tipo de prática questionável, também existem aquelas em que a gestão é feita de maneira coerente, racional e responsável. É delas que nós queremos falar.

>> Saiba mais: Mitos e verdades sobre gestão de TI que impactam no atendimento ao cliente

Gif de jornalista se abaixando na bancada do jornal dizendo: "I´ve never felt so low and useless and old and sad."

A carreira de TI depois dos 40

As empresas percebem a idade como uma coisa positiva, associada com experiência e com traços positivos que, em muitos casos (não todos, claro) faltam aos profissionais mais jovens, como comprometimento, lealdade à empresa, tranquilidade para lidar com situações imprevistas.

Além disso, conforme você avança na área de TI – o que só acontece com a idade –, é natural que se especialize cada vez mais em uma parte específica dessa área tão grande.

Isso abre portas para que você explore novas oportunidades de trabalho, como ser contratado para desenvolver projetos ou prestar consultoria na área em que você é especialista, sem manter um vínculo permanente com nenhuma empresa.

>> Saiba mais: Quais qualidades para ser um bom prestador de serviços de TI?

É possível faturar alto – estando atualizado

Gif do bibliotecário do desenho animado South Park dizendo: "Use your time to study".

No final das contas, o verdadeiro problema não é a idade do profissional de TI, mas se ele está ou não acompanhando a transformação digital e seus impactos no mercado, na economia.

Você pode conquistar grandes oportunidades de trabalho e faturar muito na carreira de TI depois dos 40 anos, desde que estabeleça a meta de se manter atualizado.

O que isso significa, na prática?

Em primeiro lugar, que você precisa dedicar algum tempo, de maneira consistente, para se informar sobre o que acontece no mundo da Tecnologia da Informação. Estudar sobre tendências, novos desenvolvimentos, inovação, etc.

Ler é a maneira mais simples de fazer isso, mas também vale a pena participar de eventos, como palestras, congressos, workshops. Até assistir séries pode trazer valiosas lições.

Em segundo lugar, você também deve fazer cursos para aprender a utilizar as novas tecnologias, aplicando ferramentas e técnicas mais atuais.

O fato de ter um diploma de graduação não livra você das salas de aula para sempre. Aliás, justamente por ser um campo tão dinâmico, a TI exige que você seja permanentemente um estudante.

>> Saiba mais: 7 erros do empreendedor de TI que podem levar o negócio para o buraco

O empreendedorismo é uma forte tendência

Imagem das mãos de uma pessoa no teclado de um notebook que tem ao centro a palavra startup. Carreira de TI.

Nós já mencionamos isso antes: você pode ter muito sucesso em uma carreira de TI, sem ficar preso ao molde de trabalho tradicional, sendo funcionário de uma empresa, batendo ponto todo dia.

O próprio avanço da tecnologia permite que você explore outras possibilidades, mas, para isso, precisa aprender a ser um empreendedor – ainda que um empreendedor de si mesmo.

Nós falamos sobre trabalhar por desenvolvimento de projetos ou prestação de consultoria. Você abre uma empresa própria e desenvolve uma carteira de clientes. Ou, quem sabe, até cria seu próprio produto.

Essa é uma boa alternativa para quem, além de ser apaixonado por TI, também gosta de gestão. Aliás, um estudo do MIT Sloan School of Management, nos EUA, mostra que a idade média de um empreendedor de sucesso no país é 45 anos.

Sabe por quê? Segundo os pesquisadores, um empreendedor é 125% mais bem-sucedido se, anteriormente, já trabalhou no setor de seu negócio.

Se essa ideia não te atrai, que tal se tornar um nômade digital e trabalhar remotamente, como freelancer, somente prestando serviços para várias empresas?

Por eliminar barreiras físicas, geográficas, você pode estar em Bora Bora, realizando um serviço para uma empresa americana ou alemã. Tudo que você precisa é das características de um empreendedor – curiosidade, iniciativa e uma dose de tolerância a riscos.

>> Saiba mais: Como criar um catálogo de serviços de TI eficiente para a sua empresa?

Os ganhos envolvidos nesses modelos diferentes de carreira em TI também ultrapassam a questão financeira. Você tem mais potencial de crescimento, autonomia, flexibilidade.

Viu só? A idade não precisa ser um fator limitante para que você alcance uma carreira em TI bem-sucedida e altamente recompensadora, tanto em termos emocionais quanto financeiros.

Porém, você precisa fazer sua parte, investindo em especialização e atualização para valorizar seu passe diante de possíveis empregadores ou clientes.

O que vai determinar se o cargo fica com você é o valor que você pode agregar para a empresa, se for escolhido. Por isso, busque ser o melhor!

Quer se manter informado sobre assuntos de tecnologia atuais e relevantes, para enriquecer seu repertório como profissional de TI? Então, acompanhe os conteúdos do blog da Milldesk!

O sistema de Help Desk Milldesk é uma ferramenta que explora os conceitos de usabilidade para garantir mais agilidade e organização para a sua empresa. Saiba como uma poderosa ferramenta de help desk pode ajudar a sua empresa vencer o desafio de ter uma gestão de TI estratégica e com resultados que podem contribuir para o crescimento do seu negócio.

Banner: e-book como montar um centro de Help Desk do zero?